Recordar é viver: Londres

Há um ano atrás, eu estava numa das cidades dos meus sonhos: Londres! A minha escola organizou a viagem e eu fiquei muito indecisa se devia ir ou não. O preço era elevado e exigia um grande sacrificio da parte da minha mãe, mas como quando é para ser as coisas acontecem lá fui para Londres durante 4 dias.

Lembro-me que acordei por volta das três da manha e que tinha os nervos em franja, porque sabia que se me atrasasse ninguém podia esperar por mim. Apesar disso, tudo correu bem e fui das primeiras a chegar ao aeroporto, tal como eu gosto. Estava tudo muito bem, até que tive de me despedir da minha mãe e do meu irmão… As despedidas fazem-me chorar… Sim, eu sei! Eram só 4 dias. Mas eram 4 dias sem a minha família por perto, num ambiente totalmente desconhecido para mim. Sim, eu sou dessas mimalhas e assumo-o!

Foi a primeira viagem que fiz de aviao e adorei! Fui no meio de dois rapazes da minha escola e li praticamente a viagem toda. A minha leitura do momento era O Refugio de Nora Roberts. A aterragem foi muito tranquila e felizmente não sofri com dores de ouvidos!

Visitamos imensos museus, mas sem dúvida que o que eu mais gostei foi o Madame Tussauds. Ter oportunidade de me encontrar com as minhas celebridades favoritas foi liindo demais e eu não aguentava com tanto entusiasmo. Vimos um filme animado em 3D da marvel e eu sai da sala com o cabelo numa tripa autentica. Depois disso, fizemos uma pequena viagem no tempo na historia da Inglaterra num comboio muito louco que nos tirava fotos totalmente desprevenidas, o que foi bastante caricato.

17101425_890641484411100_1857295206_o

17101319_890642247744357_1609401461_o

Andar de metro era das melhores partes do dia! Fiquei fascinada com a correria, com o barulho, com o ambiente que se vive no metro. Ate quando estava apertada sem ter onde me segurar eu me sentia feliz. E nem se fala da felicidade de ter um lugar livre onde me podia sentar!!! Certa vez, sentei-me ao lado de um senhor que adormeceu e que com as atribulações do metro se inclinava para o meu ombro e quase que dormia encostado em mim! Foi cómico demais!

17142249_1691459577814297_2109261159_o

Almoçamos umas sandes a beira da London Eye, e vocês nem imaginam o frio que estava!! Mesmo caminhando muito e tendo varias camadas de roupa não havia como não sentir frio. O mais incrível é que eu amei o frio, senti-me na minha temperatura ideal. Passeamos por vários jardins e parques que lamentavelmente eu não me recordo dos seus nomes. Tivemos direito a uma viagem de barco, que foi muito agradável visto que nos permitiu uns 45 minutos de descanso e de temperatura quente!

A estadia no Lencaster Gate Hotel foi maravilhosa e repleta de peripecias! O meu quarto era no segundo piso, mas eu cheguei a ir ao sexto piso por engano com as meias por cima das calças de pijama na companhia de um casal chines. Sim, isso aconteceu!! Nao sou boa a orientar-me geograficamente e os imprevistos acontecem. Os pequenos-almoços do hotel eram tao bons  que eu era capaz de voltar a Londres apenas para iniciar o meu dia com a melhor refeiçao de sempre. Ainda me lembro daqueles croissants deliciosos…

Por falar em comida, tenho que referir os jantares mais épicos que comi. Jantamos num restaurante persa, num índio e num italiano. No restaurante persa, experimentamos um pão muito bom que parecia um crepe. Honestamente, aquele foi o melhor pão que eu já comi na vida. Experimentamos também uns quatro molhos, mas só gostei de dois. A refeição principal era frango e estava realmente bom.  O restaurante índio foi o melhor de todos. Tanto a comida como o ambiente eram espectacular. O dono deixou-nos escolher a musica ambiente que queríamos e ainda ofereceu uma sobremesa a uma menina da minha escola que fazia anos nesse dia. Foi espectacular! Por outro lado, não gostei tanto do restaurante italiano… a comida não foi nada demais e o ambiente era um pouco soturno.

Fizemos compras em varias lojas de recordações com preços muito acessíveis.  Lamento imenso não ter comprado mais canecas e recordações de Londres, mas na noite em que íamos a essas lojas eu voltei ao hotel com um grupo de colegas que estavam cansados, porque o meu joelho simplesmente decidiu doer-me e inchar muito!! No fim, correu tudo bem: o joelho desinchou e no segundo dia fomos a uma das ruas mais movimentadas que tinha muitas lojas desse género.

17142155_890636574411591_322582378_o

A viagem de regresso foi muito divertida! Mesmo cansadas, eu e a Sara conseguimos cantar a Pillowtalk e a Love me again varias vezes. A aterragem foi critica… pensei que ia ficar sem ouvidos com tantas dores, mas tudo isso passou quando me reencontrei com a minha familia! Já estava a morrer de saudades!

Ao recordar tudo isto, sinto-me muito nostálgica. No ano passado por esta altura, a minha vida estava completamente diferente e estava atravessar uma fase um pouco difícil, que felizmente já passou. Foram dias espectaculares, fora da minha zona de conforto que me permitiu conhecer novas realidades e fortalecer laços. Sim, parece cliché mas é verdade. Ainda bem que optei por ir e não ficar em Portugal a ver o que as minhas amigas partilhavam no instagram só porque tinha medo do que pudesse acontecer enquanto estava fora.

17122269_890636414411607_1469188623_o

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s